Há mais de dois meses a Terra Indígena Arariboia sofre com uma queimada que já devastou mais de 45% do território. O incêndio florestal consumiu cerca de 190 mil dos 413 mil hectares que formam a Terra Indígena, o equivalente a aproximadamente 190 mil campos de futebol.

Caso não consiga visualizar o email, acesse aqui
Greenpeace

Incêndio já consumiu 45% da tearra Indígena Arariboia

Olá,

Há mais de dois meses a Terra Indígena Arariboia sofre com uma queimada que já devastou mais de 45% do território. O incêndio florestal consumiu cerca de 190 mil dos 413 mil hectares que formam a Terra Indígena, o equivalente a aproximadamente 190 mil campos de futebol. No local vivem mais de 12 mil pessoas do povo Guajajara e cerca de 80 indígenas dos Awa-Guajá, entre adultos e crianças.

Fizemos um sobrevoo na área e foi possível verificar o avanço do fogo sobre as aldeias e sobre as áreas de floresta densa que se localizam no coração do território, onde vivem os Awá Guajá, que estão cercados pelas chamas. Dê um basta nessa situação! Exija o fim da extração de madeira ilegal.

FacebookBotãoTwitter

Os indígenas acusam os madeireiros pela queimada como represália às suas ações de monitoramento, que ajudaram a coibir a extração de madeira ilegal. Isso é resultado da omissão do governo, que não tem uma política eficaz para a proteção das terras indígenas.

Você pode ajudar a acabar com a extração de madeira ilegal em nossas florestas. Junte-se a nós e ajude-nos a continuar a expor e confrontar esse crime contra o meio ambiente!

Junte-se a nós

Danicley Aguiar
Greenpeace Brasil

Greenpeace
Facebook Twitter Google+ Youtube Instagram

Para garantir que nossos comunicados cheguem à sua caixa de entrada, adicione o
email relacionamento@mailing.greenpeace.org na sua lista de contatos.
O Greenpeace respeita sua privacidade e seu conforto na internet.
Caso não queira mais receber nossos emails, por favor, descadastre-se aqui. Política de Privacidade.